Google+ Followers

Google+ Followers

sexta-feira, 5 de agosto de 2016


Entre Pavia e Arraiolos...  

                                           Alentejo, com muito calor.

















A anta de Pavia transformada em capela, dedicada a S. Diniz.









































Lançamento do livro, "Pavia meu Encanto" de Custódia Casanova.
































Há muito tempo que desejava desenhar esta anta que sempre me intrigou e consegui então agora, concretizar esse desejo.
































Arraiolos tem agora um grande tapete na sua sala de visitas, este feito pelos mestres calceteiros, que homenageiam assim duas artes populares das nossas gentes.
































Praça do Município, no calor ameno da manhã.































Em Arraiolos o azul do céu é igual ao azul das casas... Antiga prisão, agora tribunal da comarca de Arraiolos.









































Porta ogival da capela do antigo Hospital do Espírito Santo, séc. XVI.
































Em Arraiolos também há andorinhas... 
































Casa dos Arcos, realizado já no final da tarde, com menos calor. 

































Conjunto de acentuado pitoresco e o mais curioso da arquitectura civil. Está situada na rua com o mesmo nome (Rua dos Arcos). O corpo mais antigo, que a tradição afirma ter sido residência dos Comendadores de Arraiolos – Condes de Vimioso – é do século XVI e talvez do reinado de D. João III. 
(Texto retirado do blog Arraiolos Branquinha)
































Pela tardinha bordam-se tapetes, aproveitando o fresco.
































No Museu do Tapete, ensina-se a arte de os fazer bem.
































Dentro das casas escondem-se artes agora ignoradas. 




































Sketches de Verão...



















Arriba fóssil da Caparica. A parte que se vê da janela do meu quarto, em Stº António.



9jul2016, passeio no Ribatejo até à Póvoa da Isenta numa tarde de calor entre amigos.



































"O forninho da Natércia", em Póvoa da Isenta - Ribatejo.






























Domingo de calor, 10jul, no cais de Stª Apolónia.






























Arte xávega, na Costa de Caparica, 13jul2016. 






























Em frente ao bar de praia Chapéu de Palha...






























Família portuguesa almoçando na Praia da Saúde, abrigada do escaldante sol do meio dia, com as respectivas lancheiras de campismo com as "mines" fresquinhas.