Google+ Followers

Google+ Followers

terça-feira, 11 de agosto de 2015




Agosto na casa da Cerca

Mais uma oficina de desenho vegetalista orientada pela Sara Simoes, numa tarde tranquila a ver Lisboa.



A magnífica esplanada virada para Lisboa. 




Os primeiros participantes ocupam o anfiteatro.




A flor do algodão no meu desenho.



A flor do algodão. — em Casa Da Cerca.



O tema apresentado capta a atenção de todos os participantes.




Folhas de carvalho. 




Uma folha de acer. 




Em laboração... 




O caderno da Margarida Nascimento.





Folhas de freixo.




Um transporte original. 




A flor de algodão da Emilia Sá Pereira. 





Sara Simoes sempre muito atenciosa.





O pecíolo e as sépalas da flor de algodão, de que eu perdi as pétalas enquanto a transportava desde o local onde a "roubei"... 





Um momento bem descontraído com a Isabel Alegria.





A minha flor de algodão, aqui já mais trabalhada. 











O desenho da Isabel Alegria 






Duas lindas páginas do diário gráfico de uma colega que não consegui identificar...

Fico agora à espera do próximo encontro que será em Setembro, o tempo das colheitas.



















quinta-feira, 16 de julho de 2015



Verão na Casa da Cerca

Todos os primeiros sábados de cada mês a Casa da Cerca nos oferece uma oficina de desenho orientada pela Sara Simoes, que desta vez foi dedicada ao Verão.




Verão, tempo das colheitas e o mote foram as espigas.




A caminho do anfiteatro roubei um abrunho, mas como estava ainda verde aproveitei para o desenhar junto das espigas e uma folha de faia. A Sara acha que isto é uma "natureza morta", cá para mim está demasiado morta...




A participação foi grande, e embora não tenha contado, acho deveríamos ser cerca de oito ou dez desenhadores.




Sara Simoes a exemplificar como desenhar uma espiga no seu caderno mais pequeno, mas muito bonito.





Tivemos um desenhador de palmo e meio, muito interessado e que me deu uma "aula" sobre dragões em que aprendi bastante sobre o assunto.





As espigas que nos lembram o Verão.





Mais espigas, aqui no magnífico caderno da nossa amiga Emilia Sá Pereira.





O fotógrafo foi apanhado...





...Quem não tem cão, caça com gato...





Um desenho simples, mas muito bonito. Peço perdão mas não fixei o nome da autora, mas quem conhecer que o identifique...





Espreitando os cadernos e a descobrir os pequenos tesouros que eles têm lá dentro. Este é da Ana Margarida.





O desenho da Emilia Sá Pereira, agora já pronto.





O meu desenho, quase pronto, de umas folhas de freixo com as sementes ainda verdes. Na secção da Primavera desenhei as flores do freixo e agora, como em continuação, desenhei as sementes.





Depois em casa terminei-o mais calmamente e ficou assim.





E ao final da tarde peguei "Jaguar" e fui para casa!





Ficamos com encontro marcado para o Outono. Tenham boas férias com muito descanso e bons desenhos!




quinta-feira, 25 de junho de 2015



Fábrica dos pastéis de nata em Stº António da Caparica.

A idéia, por agora, não é documentar o ambiente do café da manhã na fábrica dos pastéis de nata, em Sto António da Caparica, mas sim evidenciar o ar majestático dos fantásticos pinheiros que fazem a cobertura da esplanada da pastelaria onde se toma o café, acompanhado dos magníficos pastéis de nata "brûlé".




Desenho com caneta "uni-ball" preta e grafite em caderno A5 "smartd", do super-mercado continente.




Manipulação informática de uma foto de qualidade inferior... nada se perde, tudo se transforma...




Zoom da folha, A5,  que contém o desenho.




... e ontem fui atraído por um "babá" que me soube a pouco... 




... e me deixou com vontade de lá voltar para pecar outra vez... 




... e motivos não faltam... deixo aqui uma vaga idéia...